Página inicial > Sertanejo > D > Delluka Vieira > Interferência

Interferência

Delluka Vieira

Não Vai Ter Volta


Começar de novo, sem interferência
só nós dois e mais ninguém
Não me acostumo com a sua ausência
quero tanto ser seu bem

Imagine a gente amanhã em Paris
seja em Londres ou Madri
Em qualquer lugar do mundo ser feliz
Seja perto ou bem longe daqui

Não importa o nome da cidade
estado ou país
Se estou ao seu lado, esta perfeito
Chuva e sol
e no frio te aqueço com um beijo

Ai vai ver o tanto de amor que tenho
guardado pra você

Compositor: Delluka Vieira e Vitor Silva

Letra enviada por Priscilla Dellamura

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Delluka Vieira no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS