Página inicial > Rap > D > DeadShot > Escravo do Rap

Escravo do Rap

DeadShot

Raízes


A Lei Áurea assinada pela Isabel
Não valeu na mente só valeu no papel
Porque as pessoas se importam menos em virar réu
Meu Deus do céu
Como eu vivo assim?
Eu passo na rua com olhares desconfiados
diretamente pra mim
Eu sei que sou neguim
Do cabelo pixaim
Sei que tem um povo inteiro que tá torcendo pelo fim
Do racismo, que já não vale de nada
Vou te contar uma piada
Eles faz tudo pra vê a nossa raça acabada
E na nossa oração a gente pede até
Pros inimigo ter uma vida abençoada

Eu sou escravo do rap
Não dessa merda de sistema
Eu sou escravo do rap
Mexê com preto é problema
Eu sou escravo da rap
A nossa vida é um dilema
Não saber se vou voltar pra casa
ou não é uma pena

Eu acho que consigo falar rápido
Vai ter que aprender com o exemplo prático
Que eu sou sarcástico
Mas dependendo da pessoa
posso ser um pouco sádico
Gelado como ártico
Critico seus artigo
Tenho apoio dos amigo
Desse jeito é impossível
não acabar com os inimigo
Principalmente quando chego
metralhando desse jeito
E cê fica aí tentando captar meus defeito
Te deito no leito
Exijo respeito
Esse é o conceito
Tô te mostrando o que acontece
quando fico sobre efeito
Dessas droga de Mc
Fica tentando competir
Acho melhor você comprar a lápide
Ou pode só do rap desistir
Porque eu sinto informar
Todos vocês que o meu nível cês não vão atingir

Eu sou escravo do rap
Mensagem tipo boombap
Com peso de beat de trap
Transmito o que a vida oferece
Continuo passando mensagem
Pra todos vocês de maneira que ninguém esquece
Porque eu sou escravo do rap

Da minha mente eu sou prisioneiro perpétuo
Penso muito antes de fazer
qualquer coisa pra ter certeza que é certo
Por isso às vezes passo a imagem
que sou meio quieto
Passo a realidade não importa o dialeto
Dura como concreto
Felizmente sei que muita gente eu afeto
Muitos Mcs que estouraram estão cegos
Talvez pela fama ou a ostentação
Me incluo entre os poucos de hoje
em dia que enxergam
Sei que muitos só aprendem
pela vida e ainda erram

Eu sou escravo do rap
Sigo no anonimato
Já que poucos prestam atenção
no que digo de fato
Eu sou escravo do rap
Eu posso cometer desacato
Já que os fardado usa arma sem motivo sensato
Eu sou escravo do rap
Nunca ficarei calado
Se eu desaparecer é porque eu fui fuzilado

Eu sou escravo do rap
Eu sou escravo do trap
Eu sou escravo do boombap
Escravo da poesia no geral
Isso aqui que me livra de todo mal
Seja bem vindo a minha terapia ocupacional

Deadshot

Compositor: Vitor Manoel

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a DeadShot no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS