Página inicial > Psicodelia > D > Damas do Nada > Inimigo Imaginário

Inimigo Imaginário

Damas do Nada

Tributo ao Silêncio


Arriscamos a fuga sem uma rota
Partilhamos os frutos de nossa derrota
Mesuro a chance pra abraçar a dúvida
Me encontro apenas esquecendo os caminhos

Bata em mim, mostre o que tem para mim
Me prepare pro pior se o mundo for assim

Ouço em silêncio o estrondo e o murmúrio
Os holofotes na sombra do orgulho
Estou doente, mas não estou morto
Eu estou vivo e estou aqui

Bata em mim, mostre o que tem para mim
Me prepare pro pior se o mundo for assim

Estou doente, mas não estou morto
Eu estou vivo e estou aqui

Letra enviada por Hélio Abreu

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Damas do Nada no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS