Tropeando

Cristiano Quevedo


Que busco a estrada do verso
Do rumo do meu violão
São mais três dias de tropa
De um festival de canção
Cada botão de cordeona
Cada cantor de raiz
Faz com que sobre cavalo
Pra camperear um pais

Por isso somos tropeiros
Por menos que a gente ande
Tropeando com nosso canto
Pra que não morra o rio grande
Quem canta nossas verdades
Nos palcos dos festivais

Faz fiador pro seus filhos
Pois culatreou pra seus pais
Eu não trope-ei de a cavalo
Já nasci tarde demais
Restou tropear a cultura
Que refugou dos ideias
Entonou pra meu canto
Ao simples berro de boi
É triste fazer poesia
Pra algo que já se foi

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Cristiano Quevedo no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS