Página inicial > Blues > C > Cracker Blues > Canto Obscuro de Um Bar

Canto Obscuro de Um Bar

Cracker Blues

Prata do Carrasco


Inútil
Messa noite morna
Fantasma
Resíduo de outro tempo
Pessoas não mudam na vida
Apenas vão envelhecendo

Talvez Jesus me ame
Se amasse um pouco mais
Tomaríamos vinho no topo do mundo

Mas nesse striptease
A mulher já entra nua
Um santo a cada esquina
Um whisky a cada rua
As cartas não dizem se devo
Muitos vem me cobrar
E moscas batem no vidro
Num canto obscuro do bar

Cansado
Mas os ossos ainda aguentam
O peso
De ficar um pouco mais
Vagando por dilemas perdoáveis pelos deuses dessas eras ancestrais

Talvez a sorte chegue
E me tire pra dançar
Ao som de um piano alcoólatra

Mas nesse striptease
A mulher já entra nua
Um santo a cada esquina
Um whisky a cada rua
As cartas não dizem se devo
Muitos vem me cobrar
E moscas batem no vidro
Num canto obscuro do bar

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Cracker Blues no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS