Minoria

CPM 22

Depois de um Longo Inverno


Aperte o cinto porque nossa viagem
Apenas começou
Aperte o cinto porque a tempestade
Ainda não acabou
Mantenha a calma
Talvez, a turbulência, nossa nave ultrapassou

Espero que você também não se abale
Não se entregue, não seja refém
De uma minoria, de uma gente sem ninguém

A inveja mata eu sei, deixei de lado
Não dei bola, não liguei
Te aconselho a fazer, seguir o mesmo
Não temos tempo a perder
A nossa nave partiu, abriu as asas
Mas vamos sobreviver

Espero muito que você não se abale
Não se entregue, não seja refém
De uma minoria, de uma gente sem ninguém

Abaixe o som, ouça bem
Fique ao meu lado
Eu não vou desistir
Essa passagem comprei
Com antecedência
Pretendo ir até o fim
Depende só de nós dois, nossa vontade
A onde queremos ir

Espero muito que você não se abale
Não se entregue, não seja refém
De uma minoria, de uma gente sem ninguém


postado por Carol Virtuoso
;)

Letra enviada por Carol Virtuoso

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a CPM 22 no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS