CPM 22
Página inicial > Hardcore > C > CPM 22 > A Esperança não morreu

A Esperança não morreu

CPM 22

Suor e Sacrifício


Vivo um dia por vez
Tento não me preocupar
Mentiras, revoltas e farsas se foram
Com o tempo eu aprendi

Vejo a minha vida mudar
Sinto que algo novo está nascendo
A estrada me espera e lá estarei
Cantando canções pra vocês

Estou pra chegar
E abrir o meu coração
Tão ansioso pra te mostrar o que eu escrevi

Real sentimento que corre nas veias
E as marcas da vida que eu tive
O brilho em seus olhos me traz a verdade
De todas as escolhas que fiz

Parei pra pensar
Cada um tem a sua missão
Não é de hoje, essa é a minha
Por isso estou aqui (estou aqui)

Em cada cidade desejo encontrar vocês (uôo)
De punhos cerrados
cantando os refrões numa só voz (uôo)
A esperança ainda não morreu

Cantando por todo o país
Tento escrever sobre os seus problemas
Vejo o meu povo que não está tão bem
Estamos aqui por vocês

Procure escutar
Aqueles que não medem forças
Pra melhorar a cultura do seu país

E em cada cidade desejo encontrar vocês (uôo)
De punhos cerrados
cantando os refrões numa só voz (Uôo)

E em cada cidade desejo encontrar vocês
De punhos cerrados
com orgulho e emoção numa só voz

A esperança ainda não morreu

Composição: Badauí e Ricardo Galano

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a CPM 22 no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS