(Damn These) Hungry Times (tradução)

Cousteau


(Droga Estes) Vezes com fome


É tão sem forma

É isso que está me matando

Remorseless, implacável

E é infinitamente esta pressão

Em prazeres difíceis de encontrar

A sua expressão

caminha entre estes tempos famintos

como o blues feito carne


E assim vai

O que isso pode nos manter

Estamos riscando a vida aqui

Onde vida é caro ea vida é barata

Assim rezamos a todos os deuses que vai escutar

me entregar, me consideram

se livrar dessas hostilidades em meus sapatos

Como é que pode ser verdade, eu


eu vou andar na linha

Mas maldito nestes tempos famintos

Só um pouco teria um gosto tão bom

Mas maldito nestes tempos famintos


eu sou suspeito

Se o amor não deixam cicatrizes

Entre seus beijos

As suas maldições e sua calmaria

Você sabe que não vai fazer

Se o amor é o suficiente para comer

Então nós tínhamos fome

E sobre os licks de amor que tinha festa

'Til estamos fantasmas

de uma memória



(Damn These) Hungry Times


It's so formless

That's what's killing me

Remorseless, relentless

And it's endlessly this pressure

On pleasures hard to find

Its expression

Walks amongst these hungry times

Like the blues made flesh


And so it goes...

What of this can we keep

We're scratching out a living here

Where living is dear and life is cheap

So we pray to all of the gods who'll listen

Deliver me, consider me

Get rid of these hostilities at my shoes

How can it be true, I...


I'll toe the line

But damn these hungry times

Just a little would taste so fine

But damn these hungry times


I'm suspicious

If love don't leave no scars

Between its kisses

Its curses and its calm

You know it won't do

If love's enough to eat

Then we'd hunger

And on the licks of love we'd feast

'Til we're ghosts...

Of a memory...



Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS