Página inicial > Rap > C > Costa A Costa > Casa de Irene

Casa de Irene

Costa A Costa


Dias tristes são como
longa rua silenciosa
de uma cidade deserta
deserta e sincera


Dia sem esperança
que essa saudade de tih

o que esses caras quer de mim
o que essas gatas quer de mim
querem me cobrar
querem me julgar
querem me condenam

Mais não querem nem perguntar
Como eu me sinto... Foda-se
Eu me viro... Mova-se
Vagabundo contra o mundo
Eu não dependo de um puto
querem tudo, daum nada
querem juro, oh os cara

querem quando devo
mais quando devem querem
mais nem pagam

e querem o que eu tenho
mermo tendo
querem meu talento
querem ver do que eu penso
comprar o que eu não vendo
minha honestidade, lealdade,
sinceridade, amizade

quanto vale

se eu vacilo jah tão me vendo
se eu tô fudido quem tá fodendo
motivo tem quem tá vivendo
não intendo não me rendo

Nos dias tristes
eu tenho que seguir firme
e é assim, enfim,
não posso desistir

Caminhando nessa longa rua
pensando nessa vida dura
evitano as viatura
os vagabundo e as vagabundas

sonhando como sempre
lembrando quando eu passei pora aqui
procurando onde ir
comprando ilusão a casa de irene

Quando vi que tem gente entra
tem que sai
simplesmente na casa de irene
a depressi vai

Dia sem esperança
que essa saudade de tih


Sau estes dias
como se fossem feito de pedra
como um grande castelo vazio
onde reina a solidão

Decolei na noia
vacilei viajei
oia má, passa a bola
agora se é da boa
ma bora, decolei nas vagabunda
decolei na rua da amargura
má agora tanto faz
quanta loucura

querem mais
toda hora é hora
quando seus chapa
lhe diz
Bora bora

Se é foda
O mundo roda
Vagabundo onde se acora
na casa de irene
quando vem o sol nascente
ressaca, ma sente
recententimento arrependimento
ma teme nas curtição não
era tão, tão frio
vasio, coração vadio
então era mil e uma pergunta
e ce jah viu e nunca responde nenhuma
PUTA QUE PARIU

O que você vai fazer pra vencer
quando seu pivete nascer
com vai ser
o que ce tem pra oferecer
pra quem recorrer
quando vem os dias triste deprê
não insiste em responder

quer saber quem tá fodendo pra você
quem levaria a cruz com você
quando ce ve porque
é assim que tem que ser

Faz o corre chapa porque o mundo vai
passa na cara pra sempre
nada é de graça
muito menos na casa de irene

Dia sem esperança
que essa saudade de tih


tá ligado
Tem gente entrano e saino primo
tem uns que entra e nunca mais volta
mas tem quem entra e sai
quem entra e sai
quase sempre volta um dia tá ligado
uma noite às vezes procurano uma resposta
mas ela, ela so tem como calar perguntas
tá ligado pelo menos por uma noite
esquentar o sangue relaxar a mente
esquentar o corpo acelerar o coração
mas sem derreter o gelo
na casa de irene
eu não posso voltar
porque eu tô procurano a saida tá ligado
não a fuga
eu tô procurano a vitória
não o fim do jogo

Compositor: Costa a Costa

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Costa A Costa no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS