Coolio
Página inicial > Rap > C > Coolio > can-o-corn > Tradução

Can-O-Corn (tradução)

Coolio


Can-O-milho


Para trás nos dias quando eu era um jovem buck

Preso como um caminhão ficando merda sem sorte

tempos era áspero e eu não tenho um plano

eu estava mal na beira da minha vida como homem

É realmente fodido quando há droga no berço

Nenhum alimento na cozinha para as motherfuckin crianças

É por isso que um jovem negro aprendeu a roubar, ver

Shopliftin me colocou um todo lotta refeições

Mas eu me lembro dias em que o armário estava vazio e

A vida era injusto, mas quem diabos se importa?

Eu ainda ouço Momma, o que ela costumava me dizer

Isso você não fizer merda nesta vida de graça

E mesmo se eu nunca fazê-lo para o topo da montanha

Foda-se! Eu luto por meu hip-hop

Nem todo mundo pode se relacionar com o que eu passei

Mesmo que alguns da frente e eles tentam fingir

saber sobre a vida de uma criança e da contenda

Onde ele tem que viver na sombra de uma base-pipe

Boa vai para mau, mau vai para pior

E logo ele roubei a partir de sua própria bolsa de mamãe

Então limpar ya ouvidos e abrir seus olhos

eu chegar a tocar mas alguém mudou o céu

Meu estômago está Growlin, palavra nasce

Porque tudo o que eu tinha para o jantar foi uma lata-o-milho

BRIDGE. U

can-o-milho, um can-o-milho

Tudo que eu tinha para o jantar foi uma lata-o-milho. U

can-o-milho, um can-o-milho

Antes de eu ir para a escola eu tinha uma lata-o-milho. U

can-o-milho, um can-o-milho

eu tentei obter uma lata cheia off-o-milho. U

can-o-milho, um can-o-milho

Isso é tudo o que diabos que tivemos na cozinha


Alguns anos mais tarde, eu me comprometo a legiões ao conjunto

Eu estou crescendo, mas eu ainda não é cultivada

É engraçado como a tensão em uma vida cheia de dor

às vezes pode deixar uma cadela manchado sobre o cérebro

Eu estou sentado no restaurante, Guardin minha comida como uma águia

Pickin acima sucatas como uma gaivota

Waitin sobre as pessoas no próximo mesa para deixar uma dica

Para que eu possa colocá-lo no bolso

Phoney coelhinho da Páscoa, Papai Noel ea cegonha

Nós foi ruim pra caralho, então nós comemos muita carne de porco

E não há nenhuma porra nenhuma maneira como

Quando ele chegar eu deixar você me derrubar

Então eu ficar com as botas e eu sou para baixo com um grupo MAAD

Of gangstas e arruaceiros, mas você pode chamá-los '' scroops

Dê-me a liberdade ou dê-me a morte

COS um homem sem orgulho não tem merda esquerda, huh

E agora que estou mais velho com os miúdos do meu próprio

eu me colocar no pote onde ele costumava ser um osso

Get'cha auto juntos, palavra nasce

COS um homem não pode viver em uma lata-o-milho


Can-O-Corn


Back in the days when I was a young buck

Stuck like a truck gettin shit outta luck

Times was rough and I didn't have a plan

I was barely on the edge of my life as a man

It's really fucked up when there's dope in the crib

No food in the kitchen for the motherfuckin kids

That's why a young nigga learned how to steal,see

Shopliftin laid me a whole lotta meals

But I remember days when the cupboard was bare and

Life was unfair but who the fuck cares?

I still hear Momma,what she used to tell me

That you don't get shit in this life for free

And even if I never ever make it to the mountain top

Fuck it!I fight for my hip-hop

Not everybody can relate to what I been through

Even though some front and they try to pretend to

Know about the life of a kid and the strife

Where he has to live in the shadow of a base-pipe

Good goes to bad,bad goes to worse

And pretty soon he's stealin from his own Momma's purse

So clean out ya ears and open up your eyes

I reach out to touch but somebody moved the sky

My stomach is growlin,word is born

Cos all I had for dinner was a can-o-corn

BRIDGE

A can-o-corn,a can-o-corn

All I had for dinner was a can-o-corn

A can-o-corn,a can-o-corn

Before I went to school I had a can-o-corn

A can-o-corn,a can-o-corn

I tried to get full off a can-o-corn

A can-o-corn,a can-o-corn

That's all the fuck that we had in the kitchen


A few years later,I pledge a legions to the set

I'm growin up but I ain't grown yet

It's funny how the strain in a life filled with pain

Can sometimes leave a bitch stained on the brain

I'm sittin in the restaurant,guardin my food like a eagle

Pickin up scraps like a seagull

Waitin on the people at the next table to leave a tip

So I can put it in my pocket

Phoney Easter Bunny,Santa Claus and the stork

We was poor as fuck so we ate a lot of pork

And it ain't no motherfuckin way no how

When it come up I let you bring me down

So I stick to the boots and I'm down with a MAAD group

Of gangstas and hoodlums,but you can call em 'scroops'

Give me liberty or give me death

Cos a man without pride ain't got shit left,huh

And now that I'm older with kids of my own

I put me in the pot where it used to be a bone

Get'cha self together,word is born

Cos a man can't live on a can-o-corn


Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS