Flor da Varanda

Conrado e Aleksandro


Dor que não doi, não doi
Chuva que cai, destroi
Tempo de sol na mão
Minha inspiração
Lua que quer sonhar,
Sonho que quer achar
Tempo que eu perdi
Pra te você aqui

Lá fora vejo o que eu espero
O tempo melhora e ve que eu te quero
A chuva não muda o tempo não cai
Flor da varanda luz que me atrai
Sinto que o amor não acabou
Sinto que acabou o amor que restou
Quantos segundos de ingratidão
Sente quem sofre desilusão
Sinto que nada nada mudo
Flor desse fogo azul
Vento que vai pro sul
Sinto que a gente sente que vai
Flor da varanda luz que me atrai

Dor que não doi, não doi
Chuva que cai, destroi
Tempo de sol na mão
Minha inspiração
Lua que quer sonhar,
Sonho que quer achar
Tempo que eu perdi
Pra ter vocês aqui

Lá fora vejo o que eu espero
O tempo melhora e ve que eu te quero
A chuva não muda o tempo não cai
Flor da varanda luz que me atrai
Sinto que o amor não acabou
Sinto que acabou o amor que restou
Quantos segundos de ingratidão
Sente quem sofre desilusão
Sinto que nada nada mudo
Flor desse fogo azul
Vento que vai pro sul
Sinto que a gente sente que vai
Flor da varanda luz que me atrai


By. Eliza-Ddos

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
essa letra:

Ouça estações relacionadas a Conrado e Aleksandro no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS