Desumana

Conrado e Aleksandro

Conrado e Aleksandro- 2010


Desumana você não merece a mágoa,
toma o seu rumo, sai da minha aba.
Dá lição, mas lá no fundo é uma profana,
bebe da minha água, dorme na minha cama.

Quanto tempo foi embora, evaporou, não quis estar aqui.
Eu guardei na memória,
o momento em que eu te vi partir.
Já tentei vazar, tentei fugir,
ou abraça a causa ou some daqui.

Desumana você não merece a mágoa,
toma o seu rumo, sai da minha aba.
Dá lição, mas lá no fundo é uma profana,
bebe da minha água, dorme na minha cama.(2x)

Já entendi nossa história, tá estressada e depois ardente.
Vai ficar na memória,
nos amamos só fisicamente.
Já tentei vazar, tentei fugir,
ou abraça a causa ou some daqui.

Desumana você não merece a mágoa,
toma o seu rumo, sai da minha aba.
Dá lição, mas lá no fundo é uma profana,
bebe da minha água, dorme na minha cama.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Conrado e Aleksandro no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS