ConeCrewDiretoria
Página inicial > Rap > C > ConeCrewDiretoria > Pronto Pra Tomar o Poder (Part. Marcelo Yuca)

Pronto Pra Tomar o Poder (part. Marcelo Yuca)

ConeCrewDiretoria

Bonde da Madrugada - Parte 1


Rany money
Eles querem calar nossa voz, "mermo"
Que a todos os custos recaia em nós
Se ficarmos parados reclamando a sós
(é certo) que eles vão atacar como animal feroz
Mermo que tu me impeça de ir e vir
Mermo que tu me impeça de fugir
Tu nunca vai conseguir me impedir de lutar, irmão
Mermo que tu me impeça de ir e vir
Mermo que tu me impeça de fugir
Tu nunca vai conseguir me parar porque
Eu tenho força, fé na vitória
(tô pronto) tô pronto pra tomar o poder
Tô pronto pra escrever uma nova história
Se não, tô pronto pra morrer!
Força, fé na vitória. tô pronto pra tomar o poder
Tô pronto pra escrever uma nova história
Se não, tô pronto pra morrer!

Maomé
Vem tormento forte, volta a calmaria
Só não tenho dom de perdoar patifaria
(eu) rezo a ti maria, tenha compaixão
Se eu puni um comédia eu vou pra dentro da prisão
Mas se eu fingir que eu não tô vendo
Vão achar que é diversão
Se eu deixar passar batido a gracinha de um vacilão
Esse é o ponto da questão
É um beco sem saída
Esse tipo de gente quem pune é a própria vida
(eu) mato um leão por dia, arrebento rocky balboa
A tempestade é forte mas não vira minha canoa
A voz de sabotage é o que ainda soa em meu ouvido
E vem me alerta que tem verme disfarçando-se de amigo
Em vez de apodrecer, vai vegetar na lama
Traído pela grana, sonhou e caiu da cama
Safado é quem ainda rouba
Não é julgado e faz um drama
Prefiro fugir disso e seguir a paz de dalai lama

Refrão
Eu tenho força, fé na vitória
Tô pronto pra tomar o poder
Tô pronto pra escrever uma nova história
Se não, tô pronto pra morrer!
Força, fé na vitória
Tô pronto pra tomar o poder
Tô pronto pra escrever uma nova história
Se não, tô pronto pra morrer!

Cert
Eu tô cansado, não aguento mais
Bolado com esses filha da conta
Safados são demais quero explodir no plenário uma bomba
Parado em casa não mudo nada
E assim verás que um filho teu jamais vai fugir da porrada
Eu não quero convocar caô
Mas eu tô pela mão de deus falou ?
Faço também pelo meu avô, que também lutou pelos seus
Sem ninguém e quem confiar nos seus favor
Nós vai bem além de quem tem sentimentos de terror
Cnpj, rgi, ipva, iptu, pega minha p**roca e vai enfiar no c*
Eu não nasci com essa vida de louco
Se eu passar sufoco não é pouco se eu caço
Safado no jogo pipoco no coco de troco por pouco ôoôo
Eu tô tranquilo na minha vida
Só quando luto pelo que neguim não grita
Direitos humanos necessidade básica
Saúde, educação e justiça na prática!

Rany money
(raam) já tá na mira e se der mole irmão
Vai cair tu e tua mina
Cuzão imagina, tô suando frio
Mesmo sem cheirar cocaína. Esse é o papo, esse é o trato
Me desculpa mais, hoje vai cair outro deputado!
Eu relaxo, dou mais um trago, respiro
Miro quanto atira pra ter esse estrago

Rany money e ari
Voltar, atrás sei que não dar irmão
Mas pra mim já tá tudo bem. e olha só que contradição
Hoje eu vou fazer uma maldade em nome do bem!
Voltar, atrás sei que não dar irmão
Mas pra mim já tá tudo bem. e olha só que contradição
Hoje eu vou fazer uma maldade em nome do bem!

Refrão
Eu tenho força, fé na vitória
Tô pronto pra tomar o poder
Tô pronto pra escrever uma nova história
Se não, tô pronto pra morrer!
Força, fé na vitória
Tô pronto pra tomar o poder
Tô pronto pra escrever uma nova história
Se não, tô pronto pra morrer!

Marcelo yuka
Aquilo que o tempo não leva
É que não precisa do tempo pra existir
Tudo que eu vejo, tudo que eu vejo
Tudo que eu percebo é que tem vacilação no teu jeito
Quem tá no controle não é tua mente é o teu desejo
O mesmo que fez de você achar
Que tinha direito sobre minha vontade e meu meio
Jabor admitiu que errou, Alckmin e Cabral
Tudo mauricinho, prefeito do terror
Todos os arrogantes que acabaram retendo os preços
Conseguiram envenenar
Pelos seus próprios conceitos!

Eu já vi muita coisa, você não acreditou
O teto do planalto balançou, quem sempre bateu, recuou
Eu já vi muita coisa, você não acreditou
O teto do planalto balançou, quem sempre bateu, recuou
Eu já vi muita coisa, você não acreditou
O teto do planalto balançou, quem sempre bateu, recuou

Composição: Cone Crew Diretoria (Part . Marcelo Yuca)

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a ConeCrewDiretoria no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS