Página inicial > Rock > C > Comitiva do Rock > Não Foi de Graça

Não Foi de Graça

Comitiva do Rock


De carro fui sozinho para a Augusta,
Avistei uma morena com ar de pura,
Aproximei da calçada,querendo conhecer, parei ali na
fente de um privê.

No carro ela entrou no mesmo instante,
Me deu um beijo doce e se abaixou,
Naquela hora já, eu tava achando que era amor,
Era armadilha a gata me cobrou.

Gata eu vou te tirar desse mundo, Vou dar banho quente
e fazer virar crente,
Não foi de graça, mas gamei nela.

O gata serei seu marido, me ama, se renda, faça um
filho comigo, cafetão me deixe casar com ela.

ÔôÔôÔôÔôÔô
ÔôÔôÔôÔôÔô

A gata,

Éé

Da augusta,

Éé

Cobrou

Éé

De mim.

No carro ela entrou no meso instante,
Me deu um beijo doce e se abaixou,
Naquela hora já, eu tava achando que era amor,
Era armadilha a gata me cobrou.

Gata eu vou te tirar desse mundo, Vou dar banho quente
e fazer virar crente,
Não foi de graça, mas gamei nela.

O gata serei seu marido, me ama, se renda, faça um
filho comigo, cafetão me deixe casar com ela.

Gata eu vou te tirar desse mundo, Vou dar banho quente
e fazer virar crente,
Não foi de graça, mas gamei nela.

O gata serei seu marido, me ama, se renda, faça um
filho comigo, cafetão me deixe casar com ela.

ÔôÔôÔô.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Comitiva do Rock no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS