Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Encontrou algum erro na letra ou tradução? Colabore com a gente clicando nas frases abaixo ou enviando uma correção completa »
    I Am (Invictus)
    Out of the night good covers me
    Black as the pit from pole to pole
    I thank whatever gods may be
    For my own conquerable soul
    In the fell clutch of circumstance
    I have not wins, not cried aloud
    Under the bludgeoning's of chance
    My head is bloody, but I'm bound

    Beyond this place of rough and tears
    Who's fought the horrors of the shade
    And yet the menace of the years
    Finds and shall find me unafraid
    It matters not how straight the gate
    How charged with punishment's the scroll
    I am the master of my fate, I am the captain of my soul
    I am the master of my fate, I am the captain of my soul

    Out of the night good covers me
    Black as the pit from pole to pole
    I thank whatever gods may be
    For my own conquerable soul

    It matters not how straight the gate
    How charged with punishment's the scroll
    I am the master of my fate, I am the captain of my soul
    I am the master of my fate, I am the captain of my soul
    I am the captain of my soul
    Eu sou (Invictus)
    Fora da boa noite me cobre
    preto como o poço do pólo ao outro
    Agradeço aos deuses que possam ser
    Para minha própria alma conquistada
    Na embreagem da queda da circunstância
    Não tenho vitórias, não grito alto
    Sob os de concussão de azar
    Minha cabeça está sangrenta, mas eu estou vinculado

    Além deste lugar de áspero e lágrimas
    Quem lutou contra os horrores da sombra
    E ainda a ameaça dos anos
    encontra-me e encontrará sem medo
    Não importa quão diretamente o portão
    Como acusado de punição é o pergaminho
    Eu sou o mestre do meu destino, eu sou o capitão da minha alma
    Eu sou o mestre do meu destino, eu sou o capitão da minha alma

    Fora da boa noite me cobre
    preto como o poço do pólo ao outro
    Agradeço aos deuses que possam ser
    Para minha própria alma conquistada

    Não importa quão diretamente o portão
    Como acusado de punição é o pergaminho
    Eu sou o mestre do meu destino, eu sou o capitão da minha alma
    Eu sou o mestre do meu destino, eu sou o capitão da minha alma
    Eu sou o capitão da minha alma


    Letra enviada por Playlists Do Vagalume

    Aviso

    Esta tradução ainda não está completamente revisada pelos fãs e equipe do Vagalume. Colabore conosco enviando uma correção completa »


    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Coldplay

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.