Clocks (tradução)

Coldplay

Live In Buenos Aires


Relógios


As luzes se apagam e eu não posso ser salvo

Ondas contra as quais eu tentei nadar

Você me deixou de joelhos

Oh, eu imploro, eu imploro e suplico

Cantando

Revele coisas não ditas

Atire uma maçã em cima de minha cabeça

E um

problema que não pode ser nomeado

Um tigre está esperando para ser domado

Cantando


Você é, você é


Confusão que nunca acaba

As paredes que se fecham e os relógios que fazem barulhos

Vou

Voltar e te levar para casa

Eu não poderia parar, que agora você sabe

Cantando

Apareça sobre meus mares

Malditas oportunidades perdidas

Eu sou

Uma parte da cura?

Ou eu sou uma parte da doença?

Cantando


Você é, você é

Você é, você é


E nada mais se compara

Não, nada mais se compara

E nada mais se compara


Você é, você é


Lar, lar para onde eu queria ir

Lar, lar para onde eu queria ir

Lar (Você é) , lar para onde eu queria ir

Lar (Você é) , lar para onde eu queria ir

Clocks


Lights go out and I can't be saved

Tides that I tried to swim against

You've put me down upon my knees

Oh I beg, I beg and I plead

Singing

Come out things unsaid

Shoot an apple of my head

And a

Trouble that can't be named

A tiger's waiting to be tamed

Singing


You are, you are


Confusion that never stops

Closing walls and ticking clocks

Gonna

Come back and take you home

I could not stop, that you now know

Singing

Come out upon my seas

Cursed missed opportunities

Am I

A part of the cure?

Or am I part of the disease?

Singing


You are, you are

You are, you are


And nothing else compares

Oh! no, nothing else compares

And nothing else compares


You are, you are


Home, home where I wanted to go

Home, home where I wanted to go

Home (you are), home where I wanted to go

Home (you are), home where I wanted to go

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS