Ava (tradução)

Coeur de Pirate


Ava


Ó, Ava, eu sei, você sai novamente esta noite

Os braços dele estarão a sua espera na escuridão

mais fortes que ontem no bar


Ó, Ava, você desperta desejo ao passar

Você grita com sua aparência parisiense, madame

Você ama sem alma


Mas eu sinto você

Tremer quando ele descaradamente toma seu tempo

Para dizer-lhe que ele ama

os outros zombarem de sua dor


Ó, ame-o se você quiser, mas seu sorriso deixa uma marca

E, das feridas, você pode renascer, se você chorar

Das suas palavras, das promessas, nas mentiras que ferem

Mas não vá se isso te machuca, minha Ava


Ó, Ava, você lê estas palavras constantemente

De cartas de três frases que tiram seus dias

Você sabe que ele é um covarde


Mas ava, ele te considera uma ingênua

Quando ele beija você, você revive

Mas ele te aluga a cama


Mas eu sinto você

Tremer quando ele descaradamente toma seu tempo

Para dizer-lhe que ele ama

os outros zombarem da sua dor


Ó, ame-o se você quiser, mas seu sorriso deixa uma marca

E, das feridas, você pode renascer, se você chorar

De suas palavras, das promessas, das mentiras que ferem

Mas não vá se isso machuca você, minha Ava

Ava


Oh, Ava, je sais, tu sors encore ce soir

Ses bras t'attendront dans le noir

plus forts qu'hier au bar


Oh, Ava, tu crées l'envie sur ton passage

Tu hurles sous tes airs de Paname, madame

Tu aimes sans âme


Mais moi je te sens

Trembler lorsqu'il prend sans gêne son temps

Pour dire ce qu'il aime

Chez les autres qui paradent sur ta peine


Oh, l'aime si tu veux, mais son rire laisse une trace

Et, des blessures, tu peux renaître si tu t'arraches

De ses mots, de promesses, de mensonges qui blessent

Mais ne sors pas si tu souffres, mon Ava


Oh, Ava, tu relis ces mots sans relâche

De lettres de trois phrases qui t'arrachent ton âge

Tu sais qu'il est lâche


Mais Ava, il ne te prend que pour une naïve

Quand il t'embrasse, tu reprends vie

Mais lui il loue son lit


Mais moi je te sens

Trembler lorsqu'il prend sans gêne son temps

Pour dire ce qu'il aime

Chez les autres qui paradent sur ta peine


Oh, l'aime si tu veux, mais son rire laisse une trace

Et, des blessures, tu peux renaître si tu t'arraches

De ses mots, de promesses, de mensonges qui blessent

Mais ne sors pas si tu souffres, mon Ava

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS