Clara Nunes
PĂĄgina inicial > Samba > C > Clara Nunes > Jogo de Angola

Jogo de Angola

Clara Nunes

Clara Nunes 8 CD's + CD


No tempo em que o negro chegava fechado em gaiola,
Nasceu no Brasil, Quilombo e Quilombola.
E todo dia, negro fugia juntando a curriola.
De estalo de açoite, de ponta de faca e zunido de bala
Negro voltava pra Angola, no meio da senzala.
E ao som do tambor primitivo, berimbau, maraca e viola
Negro gritava: Abre ala! vai ter jogo de Angola

Perna de brigar, camarĂĄ; Perna de brigar olĂȘ.
Ferro de furar, camarĂĄ; Ferro de furar olĂȘ.
Arma de atirar camarĂĄ; Arma de atirar olĂȘ olĂȘ

Dança Guerreira
Corpo do negro Ă© de mola na capoeira
Negro embola e desembola
E a dança que era uma festa pro dono da terra
Virou a principal defesa do negro na guerra.
Pelo que se chamou libertação
E por toda força, coragem e rebeldia
Louvado serĂĄ todo dia
que esse povo cantar e lembrar o jogo de Angola
da escravidĂŁo no Brasil

Perna de brigar, camarĂĄ; Perna de brigar olĂȘ.
Ferro de furar, camarĂĄ; Ferro de furar olĂȘ.
Arma de atirar camarĂĄ; Arma de atirar olĂȘ olĂȘ

Compositor: Paulo CĂ©sar Pinheiro / Mauro Duarte

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Clara Nunes no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS