Clara Nunes
PĂĄgina inicial > Samba > C > Clara Nunes > Arlequim de Bronze

Arlequim de Bronze

Clara Nunes

Clara Nunes 8 CD's + CD


Oh! deus, eu me acho tĂŁo cansada
Ao voltar da batucada
Que tomei parte lå na Praça Onze
Ganhei no samba um arlequim de bronze
Minha sandĂĄlia quebrou o salto
E eu perdi o meu mulato lĂĄ no asfalto

Eu nĂŁo me interessei saber
Alguém veio me dizer
Que encontrou vocĂȘ se lastimando
Com lĂĄgrimas nos olhos, chorando
Chora, mulato, meu prazer Ă© de te ver sofrer
Para saber quanto eu te amei e
Quanto eu sofri para te esquecer

Eu tive amizade a vocĂȘ
Eu mesma nĂŁo sei porquĂȘ
Reconheci vocĂȘ na roda sambando
Com o tamborim na mĂŁo marcando...
Agora, mulato, com vocĂȘ nĂŁo faço desacato
Eu vou Ă  forra e comigo tem (ora se tem)
Ou esse ano ou p'ro ano que vem...

Olha, mulato, com vocĂȘ nĂŁo faço desacato
Eu vou Ă  forra e comigo tem (ora se tem)
Ou esse ano ou p'ro ano que vem...

Compositor: Synval Silva

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Clara Nunes no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS