Casa

Cidade Negra

Sobre Todas As Forças


Primeiro era vertigem como em qualquer paixão
Era só fechar os olhos e deixar o corpo ir no ritmo
Depois era um vício, uma intoxicação
Me corroendo as veias, me arrasando pelo chão



Mas sempre tinha a cama pronta e rango no fogão
Luz acesa, me espera no portão prá você ver
Que eu tô voltando prá casa, me vê
Que eu tô voltando prá casa outra vez



Às vezes é tormenta, fosse uma navegação
Pode ser que o barco vire, também pode ser que não
Já dei meia-volta ao mundo levitando de tesão
Tanto gozo e sussurro já impresso no colchão
Pois sempre tem...



Primeiro era vertigem como em qualquer paixão
Logo mais era um vício me arrasando pelo chão
Pode ser que o barco vire, também pode ser que não
Já dei meia-volta ao mundo levitando de tesão
Pois sempre tem...

... casa, vê que eu tô voltando prá casa

Compositor: Lulu Santos

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Cidade Negra no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS