Chris de Burgh

The Storyman (tradução)

Chris de Burgh


O roteirista


eu vivi minha vida, nas palavras de um roteirista

assistidos meus sonhos a partir dos anos passados

ouviu a minha voz nas canções de um roteirista

sempre ao meu lado, sempre ao meu lado


vi pela primeira vez em um castelo à luz de velas

Voltando rodada com chave de ouro

Eu ouvi um trem muito longe, e um apito

como o grito de um bebê ', era como o choro do bebê


Ravens ficou nas paredes de Jerusalém

Marinheiros dançou na fronteira

Acenda um fogo na estrada para o barqueiro

Emoções ao rubro, no verão


me levar de volta para os lugares que eu nunca estive

me levar de volta a um outro tempo

me levar de volta a um mundo que eu nunca vi

Só na minha mente, só em minha mente


Ontem à noite eu me encontrei com uma senhora-amor

Vestida de vermelho, não disse adeus

me Levar para a última vez que eu mostrei a ela o quê

Tender mãos pode fazer, e eu vou estar sentindo sua falta


me levar de volta para os lugares que eu nunca estive

me levar de volta a um outro tempo

me levar de volta a um mundo que eu nunca vi

Só na minha mente, só em minha mente


Siga a luz que está brilhando para onde estaremos indo

para o céu, paraíso ou para o divino coração

É nos ecos de uma criança, esperando para a viagem

O espírito de um mundo


Oh me leve de volta para os lugares que eu nunca estive

me levar de volta a um outro tempo

me levar de volta a um mundo que eu nunca vi

Só na minha mente, só em minha mente

eu vivi minha vida, nas palavras de um roteirista

The Storyman


I lived my life in the words of a Storyman,

Watched my dreams from the years gone by,

Heard my voice in the songs of a Storyman,

Always by my side, always by my side;


I saw him first in a castle by candlelight,

Turning round with a golden key,

I heard a train far away, and a whistle blow,

Like a baby’s cry, ’twas like a baby’s cry;


Ravens stood on the walls of Jerusalem,

Sailors danced at the borderline,

Light a fire on the road to the ferryman,

Emotions running high, in the summertime;


Take me back to the places I’ve never been,

Take me back to another time,

Take me back to a world I have never seen,

Only in my mind, only in my mind;


Late last night I met up with a lady-love,

Dressed in red, didn’t say goodbye,

Carry me to the last time I showed her what

Tender hands can do, and I’ll be missing you;


Take me back to the places I’ve never been,

Take me back to another time,

Take me back to a world I have never seen,

Only in my mind, only in my mind;


Follow the light that’s shining on to where we will be going,

Up to Heaven, Paradise, or to the heart divine;

It’s in the echoes of a child, waiting for the journey,

The spirit of one world;


Oh take me back to the places I’ve never been,

Take me back to another time,

Take me back to a world I have never seen,

Only in my mind, only in my mind;

I lived my life in the words of a Storyman…….

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS