Chris de Burgh

The Shadow Of The Mountain (tradução)

Chris de Burgh


The Shadow Of The Mountain


noite passada eu sonhei de novo que eu estava ao seu lado

Eu senti seu beijo carinhoso, e com os seus lábios nos meus

Meu mundo tornou-se completo novamente

Sob a sombra da montanha, que eram amantes até o amanhecer

estava no mar


Mas com o sol da manhã o sonho tinha desaparecido

E eu acordei e ainda acreditava que você estivesse aqui

Mas logo chegará o dia, novamente, sob a sombra da montanha

eu vou estar com você quando o meu trabalho é feito soldado


Quando os ventos começam a soprar de verão

Isso é quando eu vou estar navegando para a minha casa

Para as oliveiras eo milho de ouro

que sussurra nos campos nas colinas além do local

onde eu nasci


E aqui em Roma a conversa é toda sobre a guerra

Como homens de César ouvimos essas palavras antes

E, embora eu seja forte, meu coração pertence

Sob a sombra da montanha e meu amante que está esperando

lá para mim


Quando os ventos começam a soprar de verão

Isso é quando você vai ver as velas que me trazem de casa

Para as oliveiras eo milho de ouro

que sussurra nos campos nas colinas acima de Pompéia

onde eu nasci

vou voltar

Sob a sombra do Vesúvio vamos estar juntos até o dia em que morrer

noite passada eu sonhei de novo que eu estava ao seu lado

The Shadow Of The Mountain


Last night I dreamed again that I was by your side,

I felt your tender kiss, and with your lips on mine,

My world became, complete again,

Beneath the shadow of the mountain, we were lovers till the dawn

was on the sea;


But with the morning sun the dream had disappeared,

And I awoke and still believed that you were here,

But soon the day will come again, beneath the shadow of the mountain,

I'll be with you when my soldier's work is done;


When the summer winds begin to blow,

That is when I will be sailing to my home,

To the olive trees and the golden corn

That whispers in the fields up in the hills beyond the place

where I was born;


And here in Rome the talk is all about the war,

As men of Caesar we have heard those words before,

And though I'm strong, my heart belongs

Beneath the shadow of the mountain and my lover who is waiting

there for me;


When the summer winds begin to blow,

That is when you'll see the sails that bring me home,

To the olive trees and the golden corn

That whispers in the fields up in the hills above Pompeii

where I was born;

I will return;

Beneath the shadow of Vesuvius we'll be together till the day we die.....

Last night I dreamed again that I was by your side.......

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS