Página inicial > Sertanejo > C > Chico Rey e Paraná > Quando a Chuva Passar

Quando a Chuva Passar

Chico Rey e Paraná

Dose Dupla: Chico Rey e Paran


Amanhã quando eu me refizer deste seu abandono
Quando não mais perder por você tantas noites de sono
No amanhã há de ter outro dia com mais sol e calor
E há de ter outro alguém ao meu lado que me de mais valor

Amanhã quando a chuva passar outro sol vai surgir
Não se engane, nem pense que eu não irei mais sorrir
Quem apanha assim tanto da vida tem que um dia aprender
Certa vez foi chicote
E apanhei como um simples pixote
Que apanhando aprendeu a bater

Quero ver de agora em diante
Quem te agrada a todo instante quando a vida disser não
Quero ver seu embaraço
Não achando outro palhaço que te de tudo na mão

Quero ver sua vaidade
Quando a vento da saudade varrer como um furacão
Verá que quase do nada
Fiz um dia sua estrada passar no meu coração

Compositor: Alcino Alves/Rossi

Letra enviada por lincoln greik dos santos

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Chico Rey e Paraná no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS