Página inicial > Sertanejo > C > Chico Rey e Paraná > Meu Próprio Destino

Meu Próprio Destino

Chico Rey e Paraná

Meu Próprio Destino


Aos quatorze anos sai pelo mundo
Em busca da sorte da felicidade
Que um dia a cigana ao ler minha mão
Jurou num sorriso ser realidade

Porém os caprichos da vida real
Trouxeram pra mim foi um outro destino
E não o meu mundo de sonho encantado
Que eu escolhi quando ainda menino

Em lugar de flores só achei espinho
Da minha alegria somente a tristeza
Em lugar da paz achei desespero
Da minha esperança somente incerteza

E forma as quedas que me ensinaram
Que a vida não era só um mar de rosas
Que tinha dois lados pra gente escolher
Estradas e curvas muito perigosas

Mas quando os desejos da minha ilusão
Estavam cansados já quase no fim
Vesti-me de força de fé e coragem
Eu mesmo tracei um destino pra mim

Dos meus desenganos eu fiz uma espada
E me transformei em um guerreiro indomável
Lutei e venci as barreiras da vida
E hoje eu sou um herói aclamado

Compositor: Noel Fernandes/Chico Rey

Letra enviada por lincoln greik dos santos

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Chico Rey e Paraná no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS