Deusa da Floresta

Chico Rey e Paraná

Meu Próprio Destino


Não me interessa que já não me queiras
Não me interessa que tenha outro amor
O que interessa é viver ao seu lado
Me aquecendo com seu calor

A gente sofre quando ama
Alguém que ama outro está distante
Fica no peito a cruel saudade
Daquele lindo rosto fascinante
Linda pequena da face corada
Da pele bronzeada queimada de sol
Os olhos pretos e cabelos compridos
É a razão porque vivo tão só

Eu já não posso mais ficar aqui sozinho
Sem os seus carinhos que foram só meus
É você morena a deusa da floresta
Do nosso amor hoje resta
Só a saudade e recordação

Compositor: Companheiro/Paraná

Letra enviada por lincoln greik dos santos

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Chico Rey e Paraná no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS