Ciumenta

Chico Rey e Paraná

Operário Vida Viola


Não adiante discutir agora
Não adianta discussões depois
Pois sabes bem que eu te quero tanto
As brigas podem destruir nós dois
O nosso amor nasceu d carinho
E na convivência agora quer morrer
O importante é que me compreenda
Chuva pau ou pedra eu não deixo você

Você cobrou de mim tanto ciúme
Cheguei ao ponto de me revoltar
Mas todo homem sempre tem um erro
Meu grande erro sempre foi te amar
Nós assumimos grandes compromissos
Mas nossas juras ficaram no além
Mas roupas sujas se lavam em casa
E brigas não tiram manchas de ninguém

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Chico Rey e Paraná no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS