Paroara

Chico Buarque


(Gravada no disco Fagner - CBS)


Chegamos um bocado de gente
Da mesma seara
O sol tava danado de quente
Queimou nossa cara
Comprei uma jaqueta de veludo
E não tava cara
Eu quis saber a graça da vidente
Era Theda Bara

Olho a olho
Cara a cara
Corre-corre
Bate-boca e bafafá
Pra ver o homem de brinco
E a mulher barbada
Troquei o meu cavalo por cinco
Burros de cangalha
Um cara apareceu falando gringo
Mas não tinha cara
Um outro diz que vinha do garimpo
Tinha nem sandália

-Tá por fora
-Paroara
-Bugiganga
-Pau-de-arara
Catamos os bagulhos da gente
Nossas maravalhas
Joguei um balde d'água num crente
Que encheu a cara
Guardei minha jaqueta de veludo
Tava uma fornalha
O gringo andava todo saliente
Com a minha Theda Bara

-Tá na hora
-Paroara
-Vam'embora
-Pau-de-arara
-Theda Bara
-Pau-de-arara
-Sayonara



1985 © - Marola Edições Musicais Ltda.

Compositor: Fagner - Chico Buarque - Fausto Nilo

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Chico Buarque no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS