• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Mas nem cantor incendiário
    Ataca à queima-roupa a canção
    Há sempre um tempo, um batimento
    Um clima que a introduz
    Que nem abelha ronda a flor
    Que nem dá voltas ao redor
    Da lâmpada, ao redor da lâmpada
    O bicho-da-luz

    Nem pode à meia-noite
    Abrir um sol a pino de supetão
    Nas noites em câmera lenta
    Espero por meu bem
    Lábia, flor do bem-me-quer
    Lábia que adoça a boca de mulher
    Dom de mulher
    Que os homens têm

    Palavras de virar cabeça
    Meu amado vai usar
    Palavras como se elas fossem mãos
    Tantos rodeios
    Pra enfim me roubar
    Coisas que dele já são

    Mas nem uma mulher em chamas
    Cede o beijo assim de antemão
    Há sempre um tempo, um batimento
    Um clima que a seduz
    E eis que nada mais se diz
    Os olhos se reviram para trás
    E os lábios fazem juz



    2001 © - Marola Edições Musicais Ltda.

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Chico Buarque

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.