Página inicial > Bossa Nova > C > Chico Buarque > Labareda (homenagem A João Nogueira)

Labareda (homenagem A João Nogueira)

Chico Buarque


Como é que sai o Clube sem seu bamba
Quem é que vai puxar o samba
Riscando no chão sua pemba de fé quem é
Vem a meio pau nossa bandeira
Solução, Meier, Madureira
E aquela mesa do Alcazar
Sei, foi bambear no infinito
E hoje o céu é mais bonito
Existe uma estrela gingando por lá
Quem é...
Quem tocou na alma brasileira
Como quem toca a companheira
Pele com pele até sangrar
Pôs samba jorrando por todos os poros
De bantos, de lusos, bororos
Pra denunciar ou sonhar
Quem é esse malandro de primeira
Com sobrenome de madeira
E labareda no olhar
João, o bloco sai queira ou não queira
E a gente toma a saideira
Depois que a saudade desfilar
Só vem quem tem força e canta
E solta esse nó na garganta
Em prantos que a sua lembrança traz
Cantando essa dor se estanca sim
Uma luz se agiganta
E ajuda a gente a viver em paz

Compositor: Jorge Simas E Paulo Cesar Feital

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Chico Buarque no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS