Chico Buarque
PĂĄgina inicial > Bossa Nova > C > Chico Buarque > De Volta Ao Samba

De Volta Ao Samba

Chico Buarque

Paratodos


De volta ao samba
Chico Buarque/1993


Pensou que eu nao vinha mais, pensou
Cansou de esperar por mim
Acenda o refletor
Apure o tamborim
Aqui Ă© o meu lugar
Eu vim

Fechou o tempo, o salĂŁo fechou
Mas eu entro mesmo assim
Acenda o refletor
Apure o tamborim
Aqui Ă© o meu lugar
Eu vim

Eu sei que fui um impostor
HipĂłcrita querendo renegar seu amor
Porém me deixe ao menos ser
Pela Ășltima vez o seu compositor

Quem vibrou nas minhas mĂŁos
NĂŁo vai me largar assim
Acenda o refletor
Apure o tamborim
Preciso lhe falar
Eu vim
Com a flor
Dos acordes que vocĂȘ
Brotando cantou pra mim
Acenda o refletor
Apure o tamborim
Aqui Ă© o meu lugar
Eu vim

Eu era sem tirar nem pĂŽr
Um pobre de espĂ­rito ao desdenhar seu valor
Porém meu samba, o trunfo é seu
Pois quando de uma vez por todas
Eu me for
E o silĂȘncio me abraçar
VocĂȘ sambarĂĄ sem mim
Acenda o refletor
Apure o tamborim
Aqui Ă© o meu lugar
Eu vim



1993 © - Marola EdiçÔes Musicais Ltda.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Chico Buarque no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS