Minha Vizinha

Cherry Ramona


Tira a roupa toda põe a tanga n'agua
faz aquela sopa que eu gosto de comer bem
Se ela esta sentada lá na área me olhando
meio de lado, sussurrando, dizendo vem que tem
Eu que não sou bobo fico louco espero a
noite pulo o muro para ver o que é bom
Entro em sua janela meio aberta
vejo ela sem coberta, chego a me sentir seu dono

Pulo pra cima vou de um lado para o outro
meu deus mas que sufoco
é o baixo que o Elvis toca bem
Gosto de você com roupa e tudo
mas sem roupa logo mudo
com cheiro que no vento vem
Fico lobo louco mais um pouco
no meu colo eu desmaio se ficar até de manha
Seu olhar azul que me motiva
quando ela esta ativa boca cheia
e ainda faz manha

A minha vizinha, tem o dom de me enlouquecer
E todo dia, faz meu pintinho crescer
A minha vizinha, fez minha cabeça pirar
E todo dia, me tranco no meu quarto
demoro no chuveiro, sempre dou um jeito
de te homenagear

Quando ela passa na minha rua, tudo muda
a correria é muito grande todos querem ver o sol
Com sua minissaia rebola que não para
deixa todo mundo doido com formou
Seu uniforme todo branco ressalta mais e mais
o que ela tem pra nos mostrar
Ô enfermeira linda e bela você é boa e apela
em seu quarto quero voltar

Meu deus que vizinha mais perfeita
é o presenta que todo adolescente quer ganhar
Eu já sou adulto e não mudo
minha vizinha no seu quarto é onde quero acordar

A minha vizinha, tem o dom de me enlouquecer
E todo dia, faz meu pintinho crescer
A minha vizinha, fez minha cabeça pirar
E todo dia, me tranco no meu quarto
demoro no chuveiro, sempre dou um jeito

De te homenagear. - repete

Compositor: Naldo Arraes

Letra enviada por Banda Cherry Ramona

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Cherry Ramona no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS