César Menotti e Fabiano
Página inicial > Sertanejo > C > César Menotti e Fabiano > Talismã/Solidão/Amargurado (Com Juliano Cezar)

Talismã/Solidão/Amargurado (Com Juliano Cezar)

César Menotti e Fabiano


Sabe
Quanto tempo não te vejo
Cada vez você distante
Mais eu gosto de você
Porque

Sabe
Eu pensei que fosse fácil
Esquecer seu jeito frágil
De se dar sem receber
Só você

Só você que me ilumina
Meu pequeno talismã
Como é doce essa rotina
De te amar toda manhã

Nos momentos mais difíceis
Você é o meu divã
Nosso amor não tem segredos
Sabe tudo de nós dois
E joga fora os nossos medos

Vai saudade diz pra ela
Diz pra ela aparecer
Vai saudade vê se troca
A minha solidão por ela
Pra valer o meu viver


Alguém me falou que você me enganou
Eu não posso acreditar
Eu preciso saber se foi mesmo você
Que mandou me avisar

Eu preciso partir sei que não vou resistir
Esta solidão do amor para o meu coração


o que é feito daqueles beijos que eu te dei
Daquele amor cheio de ilusão
Que foi a razão do nosso querer
Pra onde foram tantas promessas que me fizeste
Não se importando
que o nosso amor viesse a morrer

Talvez com outro estejas vivendo bem mais feliz
Dizendo ainda que nunca houve amor entre nós
Pois tu sonhavas com a riqueza
que eu nunca tive
E se ao meu lado muito sofreste
O meu desejo é que vivas melhor

Vai com Deus
Sejas feliz com o seu amado
Tens aqui um peito magoado
Que muito sofre por te amar

Eu só desejo que a boa sorte siga teus passos
Mas se tiveres algum fracasso
Creias que ainda eu possa ajudar

Composição: Michael Sullivan/Paulo Massadas José Rico/Cristovan Rei Tião Carreiro/Dino Franco

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a César Menotti e Fabiano no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS