Sem Céu e Sem Chão

César Menotti e Fabiano


Aqui trancado em meu quarto coração sangrando
Eu reavalio os estragos que você me fez
Com minha auto-estima baixa
Ligando e passando mensagem
Eu não me vejo com coragem
De amar outra vez

Eu sei que sou culpado em parte
Mas toda vez que você parte
É como se a dor do infarte partisse meu peito
Eu tento mudar mas não mudo
Em vez de iludir eu me iludo
Na vida tem jeito pra tudo e eu não tomo jeito

Sem armas estou matando o tempo
Para ver se vivo
O medo de encontrar vc eu escondo de mim
Caminho mas não tenho rumo
Até minha alma está perdida
Como é que eu recomeço a vida que você deu fim

Eu sei que sou culpado em parte
Mas toda vez que você parte
É como se a dor do infarte partisse meu peito
Eu tento mudar mas não mudo
Em vez de iludir eu me iludo
Na vida tem jeito pra tudo e eu não tomo jeito

As suas emoções de plástico mexeram comigo
Não posso sorrir como antes que a tristeza empata
Aéreo e de rosto apagado
Me sinto sem céu e sem chão
E a droga do meu coração
Se não morrer me mata

Eu sei que sou culpado em parte
Mas toda vez que você parte
É como se a dor do infarte partisse meu peito
Eu tento mudar mas não mudo
Em vez de iludir eu me iludo
Na vida tem jeito pra tudo e eu não tomo jeito.

SJE - 06/05/2011

Compositor: Nonato Costa e Raimundo Nonato

Letra enviada por SÁVIO LINO

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a César Menotti e Fabiano no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS