Sem Você

Celso Pedrini

O Jogo Ainda Não Acabou!


Sem você nem sei mais o que faço
Os dias passam tão iguais, ao acaso
Tudo o que importa se desfaz assim
Lembro a falta que faz o calor do seu abraço
Longe do amor que nunca existiu
Criação inconsciente chamada você

Mundos paralelos que jamais se encontrarão
Duas almas que se querem
Mas não encontram uma razão
Pra pedir perdão
Admitir que preciso de você
Mas meu orgulho é maior
Quero tanto te esquecer
Mas não mando no meu coração
E sigo só
Esperando você escutar essa canção
Pra te fazer voltar

Sem você sobra tanto espaço
Pra tristeza, angústia, tédio
só o prazer é escasso
Sentimento sincero de beleza e cor
Transformado em ausência, sofrimento e dor
Lembro aquela noite, jamais esqueci
Eu dizia "te quero! ", e você "adeus! "
São marcas que ficaram de recordação
Vazio, mágoa, revolta e solidão
Não dá pra fingir que não sofri demais
Mas se um dia eu te encontrar
Frente à frente com teu olhar
Minha verdade vai me trair
Você me procura depois de tanto tempo
sem dar um sinal
Será que não percebe o quanto me fez mal
Sem você nem sei mais o que faço
Os dias passam tão iguais, ao acaso
Mas hoje posso compreender
Que o melhor de nós
era o que eu sentia por você
Longe do amor que nunca existiu
Criação inconsciente

Mundos paralelos que jamais se encontrarão
Duas almas que se querem
Mas não encontram uma razão
Pra pedir perdão
Admitir que preciso de você
Mas meu orgulho é maior
Quero tanto te esquecer
Mas não mando no meu coração
E sigo só
Esperando você escutar essa canção
Pra te fazer voltar

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Celso Pedrini no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS