Ponto de Fuga

Célio Azevedo

Mr. Fusion


Como pode estar sozinha tamanha beleza
vista de todas as direções
a tua beleza nua e pura
que deixas sem fôlego meu pobre ser, mártir das indefinições

pode ser que estejas triste ou feliz
sentes medo de aceitar, receio de querer
medo de sentir a dor do saber que

como pode estar sozinha, tamanha beleza
olhando para um único ponto de fuga

isso podemos mudar. ou já mudamos
olhe a sua volta
podemos ir agora, e olhar para o mundo, e ver o que há
ver as pessoas caindo soltas do laço
que as mantinham presas ao ar

no jardim se cometem pecados
pecados de todas as formas
mas é no inferno ou no paraíso
que vemos como ou o que deve ser feito no mundo proibido

a vida

Letra enviada por Célio Azevedo

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Célio Azevedo no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS