Las Muchachas Del Cha-Cha-Cha (tradução)

Celia Cruz

The Celia Cruz Songbook


Las Muchachas Del Cha-cha-cha


Eu digo que Cuba tem fogo na cintura

Ninguém ganha ao dançar uma rumba sinos

ter o colombiano tem a sua [boca] garota. E dize

peruana tem o rosto bonito

Eu sei muito bem que em Buenos Aires todos os frangos são bons

não há nada comparável a uma garota chileno


Mas quando eu vejo uma habanera

tudo mexe com o meu sangue

e se eu ver um Santiago

botões, então sim, a bola


Como vinareña Pinar del Rio e Compay

não, não, não

[Camagüey] e Santiago Compay

não, não, não

e [a Havana e Matanzas] compay

não, não, não

e Holguin que verdadeiramente amam Compay

não, não, não


[Porto Rico] , nicaragüenses

El Salvador, Costa Rica

venezuelano e colombiano

com peruano quer dançar

argentinos, brasileiros

com Uruguai e Panamá

Dominicana e [mexicana]

Eu quero dançar com todos eles


Então eu digo a [minha] Compay

não, não, não

[ay] vinareña a Pinar del Rio e Compay

não, não, não

[com] Compay Santiago e Matanzas

não, não, não

ea Compay é muito sincero

não, não, não

não, não, não

não, não, não

Las Muchachas Del Cha-cha-cha


Me dicen que la cubana tiene fuego en la cintura

bailando nadie le gana cuando repica una rumba

cuentan que la colombiana tiene la [boca] chiquita

y dicen que la peruana tiene la cara bonita

yo sé bien que en Buenos Aires todos los pollos son buenos

que no hay nada comparable con un pollito chileno.


Pero cuando veo una habanera

toda la sangre se me alborota

y si veo yo una santiaguera

entonces sí que boto la pelota.


Como pinareña y la vinareña compay

no hay, no hay, no hay

la [camagüeyana] y la santiaguera compay

no hay, no hay, no hay

y [la habanera y la matancera] compay

no hay, no hay, no hay

y las holguineras que aman de veras compay

no hay, no hay, no hay.


[Puertorriqueñas], nicaragüenses,

salvadoreñas, costarricenses,

venezolanas y colombianas,

con la peruana quiero bailar

las argentinas, las brasileñas,

con la uruguaya y la panameña,

dominicanas y [mexicanas],

con todas ellas quiero bailar.


Por eso te digo [mi] compay

no hay, no hay, no hay

[ay] la pinareña y la vinareña compay

no hay, no hay, no hay

[con] la santiaguera y la matancera compay

no hay, no hay, no hay

y con la holguinera que es muy sincera compay

no hay, no hay, no hay

no hay, no hay, no hay

no hay, no hay, no hay.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS