Meus Olhos

Celeste Rodrigues


Meus olhos que por alguém
Deram lágrimas sem fim
Já não choram por ninguém
Basta que chorem por mim

Arrependidos e olhando
A vida como ela é
Meus olhos vão conquistando
Mais fadiga e menos fé

Sempre cheios de amagura
Mas se a vida é mesmo assim
Chorar alguém, que loucura
Basta que chorem por mim

Compositor: António Botto / José Joaquim Cavalheiro *fado Menor do Porto*

Letra enviada por Mário Rodrigues

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Celeste Rodrigues no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS