Página inicial > MPB > C > Cauby Peixoto > Cigano do Amor

Cigano do Amor

Cauby Peixoto


Havia no meu peito um coração
Sofrido... Sofrido
E dentro dele um nada que aumentava
Chorava... Chorava
Um dia muito tarde, já à noite
Fiquei sem ter você junto a mim
Com medo de olhar nos meus olhos
Deixou-me só cantando assim

Que pena eu sou
Cigano do amor, nada mais
Corrente não há
Pra me segurar nunca mais
E quem encontrar a forma de me pertencer
Meu coração na certa vai morrer
Ou se fechará quem sabe
Ou se fechará

Um ano após nos virmos novamente
Sorria... sorria
Sorria, mas fingia que meu peito
Batia... Batia
Me disse estamos juntos esta noite
Vontade eu tive de dizer sim
Porem eu sem olhar nos seus olhos
Deixei-os só a cantar assim

Que pena eu sou
Cigano do amor, nada mais
Corrente não há
Pra me segurar nunca mais
E quem encontrar a forma de me pertencer
Meu coração na certa vai morrer
Ou se fechará quem sabe
Ou se fechará

Letra enviada por DiegoDeSouza

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Cauby Peixoto no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS