Página inicial > Rock > C > Cartolas > Tão Cedo

Tão Cedo

Cartolas


Faça como caitano fez, faça tudo o que quiser
Engole um vestido, ponha a bunda na janela
Faça como ryan dunn nao fez, se beber nao senta um pé
Um burro nao tem culpa da burrice. Manunhé?

Tu não abre teu coração por medo
Mas a dor floresce bastante em quem tem solidão
Garantia no amor ninguém tem meu irmão
E aqui no mundo gasolina vale mais que pão

A teta da adolescente, na tela envidraçada quente
Derrete minha orelha de tanto te ouvir gritar
Que teu amor é mais carente, que a minha paciência aguente
E derrepentemente entra em caos pra suportar

Tu não abre meu coração tão cedo
Só que a dor floresce bastante em quem tem solidão
Garantia no amor ninguém tem meu irmão
E aqui no mundo gasolina vale mais que pão

Parabólicas, são paulo é o lugar
Antena de ganhar sucesso
Publicitário gosta até o meu cavalo quer
Galopar por entre motoboys, enchentes falta d'água e concreto
Desfile de pessoas presas em uma rota só só só só

Cê não abre seu coração por medo
Só que a dor floresce bastante em quem tem solidão
Garantia no amor ninguém tem meu irmão
E aqui no mundo gasolina vale mais que pão e aqui no mundo a gasolina vale mais que pão
E aqui no mundo a gasolina vale mais que o mundo e a gasolina juntos
E aqui no mundo gasolina vale mais que pão

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Cartolas no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS