PĂĄgina inicial > Rock > C > Cartolas > Castelo de Poeira (O Sonho)

Castelo de Poeira (O Sonho)

Cartolas


Olha meu amor
com olhos de quem vĂȘ meu coração
pra vocĂȘ brincar de saber de mim
Dorme devagar e faz de conta que vocĂȘ chegou
sĂł pra me aceitar
que nem eu sou
E, se o amor secar
poeira que sobrou do vendaval
revela que o castelo que eu criei
era ilusĂŁo e sĂł tinha lugar pra um de nĂłs
Quase me perdi
e falta dicionĂĄrio pra contar tudo que eu passei
Tudo vai passar
Quando vocĂȘ vem, o tempo insiste em demorar
VocĂȘ mora nos meus sonhos
e sonho, sabe como Ă©
quanto mais se corre, mais se anda em marcha-ré
Se o amor secar
poeira que sobrou do vendaval
revela que o castelo que eu criei
era ilusĂŁo e sĂł tinha lugar pra um de nĂłs

Compositor: (DĂ© Silveira, Pedro Petracco)

Letra enviada por renanpach

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Cartolas no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS