Cartho
Página inicial > Dance > C > Cartho > Nós (Poema)

Nós (Poema)

Cartho

2017 ACT I


A intensidade sempre foi maior que o tempo
Um abraço nunca foi bom por ser longo
E sim por ser apertado
Um toque nunca foi medido por segundos
E sim pela vibração de ambos os corpos
Quando se encostam
Um beijo nunca foi bom por ter durado muito tempo
Mas sim por ter feito
Alguém perder a noção da realidade durante o ato
Você não é só o corpo que eu consigo ver
Você é aquele frio na barriga
Enquanto eu te espero no banco
Você é o arrepio que começa
Na minha nuca quando você a toca com as suas mãos
Você é bem complexo na verdade
Eu, para mim mesmo
Sou o impulso que surge na hora
Sou o explorador de ideias
E escritor de pequenos fragmentos sentimentais
Dos quais me fazem fixar na memória
Aqueles que passam por minha vida
E a marcam de alguma forma
Você e eu
Não somos nós
Mas parece que é tão difícil de desatar
Quando eu te beijo nas esquinas que dividem as ruas
E
Consequentemente
Nós

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Cartho no Vagalume.FM

ESTAÇÕES