Página inicial > MPB > C > Carol Andrade

MIX DE MÚSICAS

FOTOS

carol-andrade - Fotos
carol-andrade - Fotos

+1

- Fotos

Carol Andrade, cantora e compositora, natural e residente em São Paulo/Sp.
Formada em Canto Popular pela Universidade Livre de Música Tom Jobim, sob a orientação da mestra Magali Mussi.
Lança seu primeiro disco, "Vida Adentro", em parceria com o violonista e arranjador Alex Maia, em 2005, por meio do apoio de fãs que os acompanhavam durante os anos em que o duo se apresentou na noite paulistana e festivais pelo Brasil.
O disco, quase que totalmente autoral (com exceção da releitura da canção "Cigano" de Djavan), teve seu lançamento no projeto Prata da Casa do Sesc Pompéia e apresentou ao público a valiosa simbiose de um violonista/arranjador muito criativo e sensível e uma cantora/compositora que interpreta com profundidade suas próprias canções e que tem como pontos fortes o timbre, o poder da palavra, a simpatia e a delicadeza no gesto de cantar.
Em 2013, lança seu primeiro disco solo, "Outras mulheres", projeto contemplado pelo Proac do Estado de São Paulo. Nesse trabalho mostra seu lado intérprete ao homenagear grandes compositoras brasileiras tais como Chiquinha Gonzaga, Joyce, Fátima Guedes, Rita Lee, dentre outras, além de lançar mais quatro de suas composições.
O lançamento desse álbum ocorreu no Museu da Casa Brasileira lotado e no Auditório Simon Bolívar do Memorial da América Latina para mais de 500 pessoas.
A turnê desse disco ocorreu por várias cidades de São Paulo se expandindo para uma turnê européia em Londres, Amsterdã e Bruxelas.
Em comemoração aos 18 anos de parceria com Alex Maia, em 2015, estreia o show "A linha e o linho" com canções de Gilberto Gil. Nessa ocasião, a célebre cantora Rosa Passos, que já vinha acompanhando o trabalho dos dois desde o "Outras mulheres", os "adota" e apresenta ao seu grande público os seus mais novos afilhados musicais.
Ainda em 2015, Carol inicia a produção do seu segundo disco solo, denominado Sorria, um trabalho totalmente autoral, arranjado e produzido por Alex Maia. O álbum, lançado em maio de 2016, recebeu em seu encarte a preciosa resenha da de Rosa Passos e vem sendo muito bem recebido pela crítica e por um precioso público que está agora a "sorrir" com esse rebento da música popular brasileira repleto de poesia e positividade

Redes sociais