Voy a Olvidarme de Ti (tradução)

Carlos Vives


Eu te esquecer


Isso não é o mesmo olhar no espelho, que eu estou esperando

eu morrer dentro e ouvir a chuva calmamente diz que perdeu você

Eu não me importo se a casa é grande

se eu ir embora

negócio que é bom

se que era meu sonho

se o carro que eu tenho mais de mil execuções


lamento estar festival da água de todos esses anos eu vivi com você

me perdoe se eu não percebi

eu era o seu próprio e quero ser seu amigo


Eu vou fazer a barba e fazer a cama

eu vou colocar no meu melhor vestido

vou servir o seu lugar na mesa lá

Para sentir que estou de volta com você

Eu não vou perguntar o tempo passar

Vou acender a luz de minhas promessas

vou sentar na frente da rua

Para esperar e ver se você voltar


Eu tenho sido um tolo para deixá-lo sozinho

procurar mil coisas

para o meu grande invenção, se no final da história

e agora eu não tenho nada sem você aqui


Eu não me importo se a casa é grande

se eu ir embora

negócio que é bom

se que era meu sonho

se o carro que eu tenho mais de mil execuções


lamento estar festival da água de todos esses anos eu vivi com você

me perdoe se eu não percebi

eu era o seu próprio e quero ser seu amigo


Eu vou fazer a barba e fazer a cama

Eu visto o meu melhor vestido

eu coloquei lá para servi-lo à mesa

sentir que eu estou de volta com você

Eu não vou perguntar o tempo passar

Vou acender a luz de minhas promessas

vou sentar na frente da rua

que esperar para ver se você está de volta

vou esquecer do meu. E

Eu posso te fazer feliz

Nós vamos ficar aqui

vou esquecer-me

Voy A Olvidarme de Ti


Que no es lo mismo verse en el espejo, que te siento lejos

que muero por dentro y escucho en silencio que la lluvia dice que ya te perdí

que no me importa si la casa es grande

si me voy de viaje

que el negocio es bueno

si ese era mi sueño

si el carro que tengo corre a mas de mil


Que me arrepiento de ser agua fiesta todos estos años que viví contigo

que me perdones si no me di cuenta

que fui tu dueño y quiero ser tu amigo


Voy a afeitarme y a tender la cama

Voy a ponerme mi mejor vestido

Voy a servir tu puesto allí en la mesa

Para sentir que vuelvo a estar contigo

Voy a pedirle al tiempo que no pase

Voy a encender la luz de mis promesas

Voy a sentarme al frente de la calle

Para esperar a ver si tú regresas


Que he sido un tonto por dejarte sola

por buscar mil cosas

por mi gran invento si al final del cuento

y ahora nada tengo si no estas aquí


que no me importa si la casa es grande

si me voy de viaje

que el negocio es bueno

si ese era mi sueño

si el carro que tengo corre a mas de mil


Que me arrepiento de ser agua fiesta todos estos años que viví contigo

que me perdones si no me di cuenta

que fui tu dueño y quiero ser tu amigo


Voy a afeitarme y a tender la cama

voy a ponerme mi mejor vestido

voy a servir tu puesto allí en la mesa

para sentir que vuelvo a estar contigo

Voy a pedirle al tiempo que no pase

Voy a encender la luz de mis promesas

Voy a sentarme en frente de la calle

para esperar a ver si tu regresas

Voy a olvidarme de mi

yo puedo hacerte feliz

Nos quedaremos aquí

Voy a olvidarme de mí.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS