Ciclone

Carlos Santorelli

Serestas


Ela se enamorou de outro rapaz
Assim que o ciclone atingiu nossos destinos
Nenhum de nós dois pensou voltar atrás
Quanto orgulho, quanto desatino

Eu bebi champagne em seu noivado
Traguei minha mágoa no peito sem rancor
Fui o primeiro a chegar á igreja e amargurado
Assisti o orgulho matar dois sonhos de amor

Uma noite já muito tempo depois
Ela veio chorando, chorando atirou-se em meus braços
E disse ganhando os meus beijos
E disse ao sentir meus abraços

Sou eu que com fome de amor venho te procurar
Sou eu com a voz doce meiga com prazer ouvir
Sou eu que cansei de mentir, de fingir e enganar
Sou eu que cansei de outras bocas beijar pensando em ti

Compositor: Adelino Moreira

Letra enviada por RGA Gravacoes

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Carlos Santorelli no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS