Carlos do Carmo

Gaivota

Carlos do Carmo

Coliseu dos Recreios de Lisboa: ao Vivo


SE UMA GAIVOTA VIESSE
TRAZER-ME O CÉU DE LISBOA
NO DESENHO QUE FIZESSE
NESSE CÉU ONDE O OLHAR
É UMA ASA QUE NÃO VOA
ESMORECE E CAI NO MAR

QUE PERFEITO CORAÇÃO, NO MEU PEITO BATERIA
MEU AMOR NA TUA MÃO, NESSA MÃO ONDE CABIA
PERFEITO O MEU CORAÇÃO

SE UM PORTUGUÊS MARINHEIRO
DOS SETE MARES ANDARILHO
FOSSE, QUEM Sabe, o primeiro
A contar-me o que inventasse
Se um olhar de novo brilho
Ao meu olhar se enlaçasse

QUE PERFEITO CORAÇÃO, NO MEU PEITO BATERIA
MEU AMOR NA TUA MÃO, NESSA MÃO ONDE CABIA
PERFEITO O MEU CORAÇÃO

Se ao dizer adeus à vida
As aves todas do céu
Me dessem na despedida
O teu olhar derradeiro
Esse olhar que era só teu
Amor, que foste o primeiro

QUE PERFEITO CORAÇÃO, NO MEU PEITO BATERIA
MEU AMOR NA TUA MÃO, NESSA MÃO ONDE CABIA
PERFEITO O MEU CORAÇÃO

Compositor: Alexandre O'neill E Alain Oulman

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Carlos do Carmo no Vagalume.FM

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS