Lloran Mis Labios (tradução)

Carlos Baute


Cry My Lips


Você me ensinou que o amor era falar, falar

negociar, você tem para não rasgar

não é só beijar antes da relação sexual e não há abraços


antes de sair pendente

mil coisas que disse que não, que não praticam

entre eles, amor para sempre


porque não entendem que um dia você não está falando

e não dizer de onde você é, você

me deixou em casa deitado como um sofá


e respostas sobre o seu amor

poucos quilômetros da cidade

vai lutar para resgatar e levar

ao centro de nossos corações


onde você está, onde você se esconde

eu vou olhar bem ser o fim

meus lábios chorar, chorar com ciúmes

Eu não posso viver sem você


Eu me lembro quando você me disse

nunca iria amar alguém em sua vida

triste ironia, não sei o que fazer ainda


Você me ensinou a ser tolerante

bom e mau, também respeitá-lo

deve enfrentar e nunca evitá-lo


não entender por que um dia

você vai sem falar e não dizer onde estes

're indo, você me deixou na casa

jogado como um sofá


E o seu amor respondendo a alguns

quilômetros da cidade

vai lutar para resgatar e levar

ao centro de nossos corações



onde você está, onde você se esconde

eu vou olhar bem ser o fim

meus lábios chorar, chorar com ciúmes

Eu não posso viver sem você


Onde você está, eu vou buscá-la

que você vem aqui


meus lábios chorar, chorar com ciúmes

Eu não posso viver sem você

onde você está, onde você se esconde

eu vou olhar bem ser o fim

meus lábios chorar, chorar com ciúmes

Eu não posso viver sem você

Lloran Mis Labios


Me enseñaste que amar era hablar, dialogar,

negociar, que no hay que apartar,

que no sólo es besar y que antes del sexo hay abrazos.


Antes de irte quedaron pendientes

mil cosas que no nos dijimos, que no practicamos,

entre una de ellas, amarnos por siempre.


Por eso no entiendo que un dia te vas sin hablar

y tampoco avisar donde estas, de que vas,

me dejaste en la casa tirado como un sofá.


Y tu amor contesta a unos

cuantos kilometros de la ciudad.

Luchare hasta rescatar y llevarlo

hasta el centro de nuestros corazones.


En donde estás, donde te escondes,

te buscaré así sea el fin.

Lloran mis labios, lloran celosos,

yo no podré vivir sin ti.


Quiero recordarte cuando me dijiste

que nunca amarías a nadie en tu vida,

que triste ironía, no sé lo que hacer todavía.


Tu me enseñaste a ser tolerante

en las buenas y malas, también respetarte,

que debo enfrentarme y nunca jamás esquivarte.


Por eso no entiendo que un dia

te vas sin hablar y tampoco avisar donde estas,

de que vas, me dejaste en la casa

tirado como un sofá.


Y tu amor contesta a unos cuantos

kilometros de la ciudad.

Luchare hasta rescatar y llevarlo

hasta el centro de nuestros corazones.



En donde estás, donde te escondes,

te buscaré así sea el fin.

Lloran mis labios, lloran celosos,

yo no podré vivir sin ti.


Donde estás, lo conseguiré,

que vengas a mí, aquí.


Lloran mis labios, lloran celosos,

yo no podré vivir sin ti.

En donde estás, donde te escondes,

te buscaré así sea el fin.

Lloran mis labios, lloran celosos,

yo no podré vivir sin ti.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS