Página inicial > Sertanejo > C > Carlito e Baduí > Adeus Querida Adeus

Adeus Querida Adeus

Carlito e Baduí

Desquite De Pobre é Briga


Quatro paredes eu vejo em meu quarto
Veja uma porta e uma janela
De madrugada ainda acordado
Olhando triste o retrato dela
Sofrendo a dor que ninguém sofreu
Meu coração sofria por ela
A testemunha foi aquela lâmpada
Que por sinal ficou de sentinela

Foi uma noite mais triste que tive
Por isso tenho por recordação
Aquela foto de nós dois juntinhos
Prevendo a nossa mais linda união
Foi o contrario todas as juras que me fez
Eu recebi só engano e traição
Foi mais um golpe que ficou gravado
No calendário do meu coração

Se um certo dia lembrar que eu existo
Ou pelo radio ouvir me anunciar
Peço que chegue até onde estou
Esta canção pra você irei cantar
Se estiveres ao lado de outro
E o remorso a você chegar
Quem te acusa á a minha presença
Eu que devia a seu lado estar

Adeus, adeus, querida adeus
Nunca mais nos braços teus

Compositor: Carlito

Letra enviada por lincoln greik dos santos

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Carlito e Baduí no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS