Página inicial > Indie > C > Capitão Fausto > Flores do Mal

Flores do Mal

Capitão Fausto


Ahhh
Viram as farpas,
E as marcas exageradas,
Bem esgalhadas,
Os ornamentos,
E as farpas,
Que nos premitem encontrar
A qualidade que domina à porta de casa cristalina,
Incendiada por gasolina com a faísca do teu
Olhar,
De rapina,
Carregado,
Determinado a não deixar
Que a minha alquimia, tão vazia
Seja domada pelo teu amor.

Dá para ver que é fundamental,
Os "refrões", os tacões e as flores do mal,
Esta flecha é intencional,
Os "refrões", os tacões e as flores do mal.

Compositor: Tomás Wallenstein

Letra enviada por Deh'

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Capitão Fausto no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS