Página inicial > Pop/Rock > C > Capital Inicial > A Portas Fechadas

A Portas Fechadas

Capital Inicial

Você não Precisa Entender


A saudade de você
Me despe a mente
Estamos em branco
E cobertos de pó
Me esgueiro nas sombras
Do que passou
Escombros, bombas
Escombros, bombas
Cadê você?

Cadê você?
Eu grito já sem voz
E a garganta arde
Não há eco
Já é tarde demais
Eu grito já sem voz
E a garganta arde
Não há eco
Já é tarde demais
Meu último desejo
Seu beijo
Seu beijo
Meu último desejo

À luz da lua
Testemunha de um amor
Que com o vento flutua
Sopra-nos a brisa
Lua nua
Quero e nego
E corro a qualquer parte
No espaço
Eu me distraio
Com a visão traiçoeira da lembrança
Escombros, bombas
Escombros, bombas
Cadê você?

Cadê você?

Eu grito já sem voz
E a garganta arde
Não há eco
Já é tarde demais
Eu grito já sem voz
E a garganta arde
Não há eco
Já é tarde demais
Meu último desejo
Seu beijo
Seu beijo
Meu último desejo
À luz da lua
Testemunha de um amor
Que com o vento flutua
Sopra-nos a brisa
Lua nua

Compositor: Roberto Peixoto,Fê Lemos, Flávio Lemos,Bozzo Barretti, Loro Jones & Dinho

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Capital Inicial no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS