• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Tudo aconteceu de uns tempos pra cá
    Tem caso que até aqui eu não posso contar
    O mundo está caindo num grande precipício
    O conservadorismo, agora, é quase proibido

    Ninguém pode expressar a sua opinião
    A mídia assim divulga a grande evolução
    Tem família moderna, não é mais "ele e ela"
    E quem for de contra vai parar dentro da cela

    Pureza, agora, é motivo de chacota
    Tem que perder ligeiro pra tá no meio da roda
    Os bailes estão cheios, é festa o ano inteiro
    São os grandes brigando para ver quem ganha dinheiro
    É tanta cpi pra o povo assistir

    É doença assolando e o povo indo à uti
    O que é isso tudo? Será que é o fim do mundo?
    O povo está andando cego e surdo sem ter guia no escuro
    Mas bem no meio desse grande turbilhão

    Há uma igreja consagrada, redimida
    Resgatada, marchando pra sião
    Santos, lavados, redimidos, resgatados
    Que amam o pecador mas aborrecem o pecado
    E que não tem medo de expressar sua opinião
    O certo aqui é certo e o errado tem perdão

    Este povo vai subir ao céu sem ninguém ver
    E no meio das nuvens vão desaparecer
    Enquanto isso dando glória a gente segue
    Sabendo que com a igreja ninguém toca e ninguém mexe

    De uns dias pra cá aconteceram coisas
    Que a gente olhou de fora e viu que a coisa era louca
    Robô indo ao espaço, isso já é de fato
    É o nome do mestre sendo, assim, banalizado

    Passou lá na tv e todo mundo viu
    Protestos que aconteceram em todo o brasil
    Crise no ocidente, guerra no oriente
    É os homens se explodindo e matando muita gente

    É tanta covardia, lá em santa maria
    Os universitários morrem por asfixia
    O caso é tão sério, no rio há matança
    O louco entra na escola e mata lá 11 crianças

    O rio eufrates seca, cumprindo a profecia
    A ciência desmente e diz que é culpa da turquia
    Tem missionário morto, nele atearam fogo
    Querem matar, parar e exterminar essa igreja e esse povo

    Mas enquanto lutam pra negarmos nossa fé
    Essa igreja não se dobra
    Se levanta e adora e continua de pé
    Crentes, santos e homens valentes
    Jovens e moças, mulheres diferentes
    Soldados de Deus que permanecem fiel
    Que quando entra na briga, entra para ganhar o céu

    Pode ameaçar, o inferno levantar
    A ordem recebida é para a igreja marchar
    Enquanto eles pensam que vão nos parar
    A trombeta vai soar e em sião vamos morar

    Letra enviada por Playlists Do Vagalume
    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Canção E Louvor

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.